Os riscos do uso de agrotóxicos sem orientação

O uso de agrotóxicos, não somente no nosso país, se tornou comum. Esse tipo de produto, geralmente usado para evitar algum tipo de praga em uma plantação, acaba sendo utilizado inadequadamente, gerando riscos à saúde das pessoas.

Segundo uma pesquisa realizada em zona rural no estado do Rio de Janeiro, 90% dos participantes já tiveram ao menos um sintoma agudo devido a exposição a pesticidas. Ainda, foi constatado que apenas 23% dos entrevistados receberam treinamento ou apoio para manejo desses produtos.

Desde o final de agosto, quando a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciou a aprovação de um novo marco regulatório para agrotóxicos, a discussão voltou à tona, principalmente, devido a utilização inadequada desses pesticidas. O uso sem orientação contribui, entre outros, para a prevalência de problemas respiratórios, hormonais, reprodutivos e de alguns tipos de câncer possivelmente associados à exposição aos agrotóxicos.

Consciente da necessidade de um uso orientado, a Produtécnica realiza assistência técnica desde o plantio à colheita. Auxiliando na definição das cultivares, no melhor momento do plantio, aplicação de defensivos e colheita sempre observando os prognósticos climáticos e mercadológicos.

A assistência técnica permanente – com responsabilidade, competitividade, inovação constante e aprimoramento técnico – garante maior segurança à atividade, aprimorando produtividade e rentabilidade.

Voltar
aioria